Linha Desportiva
Adicionar aos Favoritos Adicionar aos Favoritos
PRIMEIRA PÁGINA
 
OEIRAS DIA A DIA
 
CASCAIS DIA A DIA
 

Município de Oeiras, Fundação Luís Figo e EMDIIP assinam protocolo de apoio a jovens e famílias em risco(tx)


As instalações da antiga Escola Sofia de Carvalho, que depois de reabilitadas vão passar a ser conhecidas por “Casa Fundação Luís Figo”, foram palco de mais um pontapé de saída do ex-jogador internacional português Luís Figo no Mundo, desta feita no concelho de Oeiras, com vista a um projecto que visa acolher crianças e jovens em risco e dar respostas sociais às famílias, num protocolo assinado com Paulo Vistas, presidente da Câmara Municipal de Oeiras, e André Rica, presidente da Equipa Móvel de Desenvolvimento Infantil e Intervenção Precoce (EMDIIP), cerimónia que contou com a presença de muitas individualidades oeirenses e da Fundação Luís Figo, entre as quais Carlos Morgado, vice presidente do Município, e Marlene Rodrigues, vereadora com o pelouro da Acção Social, Saúde e Cultura.

A “Casa Fundação Luís Figo”, instituição que estará a funcionar no início de 2018, e que conta com a Câmara Municipal de Oeiras e a EMDIIP como parceiros neste projecto que irá dar resposta a crianças, jovens e famílias em risco social, contribui com meio milhão de euros para a transformação do espaço cedido pelo Município, que contribiu com 250 mil euros, em regime de comodato à EMDIIP, tendo em vista a requalificação necessária para receber várias valências, primeiro um Lar de Infância e Juventude, com capacidade para 30 jovens entre os 12 e os 18 anos, um Centro de Apoio Familiar e Acompanhamento Parental, para mais de uma centena de famílias, um Centro de Atividades de Tempos Livres, com capacidade para 40 crianças e um Centro de Investigação e Avaliação, com resposta para 250 crianças.

A “Casa Fundação Luís Figo” pretende ser uma resposta inovadora a nível nacional às necessidades das famílias, crianças e jovens em risco social, biológico ou que manifestem doença mental, dificuldades no desenvolvimento ou condição de deficiência, um desafio que Luís Figo refere ter como finalidade a criação de oportunidades para as crianças e jovens que mais precisam, com base nas premissas de solidariedade e igualdade.

Por sua vez, Paulo Vistas no seu discurso fez questão de agradecer a Luís Figo e à sua Fundação a parceria num projecto que vai realmente acrescentar valor à coesão social de Oeiras, que extravasa as fronteiras do município, uma vez que terá seguramente um forte impacto nas crianças e jovens do concelho e dos concelhos vizinhos.

«É uma honra para nós termos a confiança não apenas da Fundação Luís Figo, mas do próprio Luís, que é uma figura internacional e uma referência para muitos dos nossos jovens, e que acreditou no Município de Oeiras. A partir de hoje, e após a assinatura deste protocolo, estamos em condições de, em conjunto, transformarmos este espaço, adaptando-o às suas novas funções», palavras do presidente da Câmara Municipal de Oeiras no final do seu discurso, que fez questão de terminar com a seguinte frase: “com este projecto está a construir-se o futuro, um futuro mais próspero porque é feito de pessoas felizes».



aa

(aa)



aa

(aa)



aa

(aa)



voltar

 
 
 
Arquivo - OEIRAS DIA A DIA
 
 


Linha Desportiva
Linha Desportiva | Ficha Técnica | Registo ERC n� 125284 | Direc��o: Lobo Pimentel | CONTACTOS | Design & Desenvolvimento: ST Collective Copyright © Todos os direitos reservados