Linha Desportiva
Adicionar aos Favoritos Adicionar aos Favoritos
PRIMEIRA PÁGINA
 
OEIRAS DIA A DIA
 
CASCAIS DIA A DIA
 
Isaltino oferece medida de prevenção
e combate a incêndios a 30 municípios


Isaltino oferece medida de prevenção e combate a incêndios a 30 municípios(T)


2.Jan.18 - O Salão Nobre do Palácio do Marquês de Pombal foi o palco escolhido para Isaltino Morais, presidente da Câmara Municipal de Oeiras, apresentar um Projecto Solidário inovador para os Municípios com mais área ardida, uma medida efectiva para prevenção e combate a incêndios, a avançar no início de 2018, que irá abranger 30 concelhos do interior, e que terá o valor global de 467.400 euros, custo suportado pelo Município oeirense, colmatando uma falha no País ao nível de ferramentas para gestão da informação geo-espacial e geográfica adequadas, fiáveis e actualizadas.

Projecto que será operacionalizado através da Municípia, empresa de Cartografia e Sistemas de Informação, que tem capacidade para o executar no espaço de três meses, fornecendo a cobertura aerofotogramétrica ortorrectificada (ortofotomapas) aos Municípios cuja área ardida seja superior a 20% da sua área, o que permitirá elaborar cartografia topográfica, assim como proceder à demarcação do cadastro das suas propriedades e elaborar cartografia temática que lhes permita um correcto planeamento da rearborização e ordenamento florestal.

A Municípia disponibilizará ainda uma plataforma informática para a consulta de informação e o procedimento de demarcações essenciais ao processo de gestão do território, ferramenta que estará acessível a todos os agentes de protecção civil e com responsabilidades na gestão do território, para que juntos consigam encontrar soluções adequadas para gerir o território de forma eficaz.

«Decidimos responder ao apelo do Presidente da República feito no Congresso da Associação Nacional de Municípios Portugueses, no dia 9 de Dezembro, à solidariedade e coesão dos municípios do litoral para com os do interior, uma vez que temos as ferramentas e conhecimento em Oeiras, para podermos avançar com este projecto, não quisemos terminar o ano sem dar o nosso contributo a todos os municípios mais afetados» afirmou Isaltino Morais, acrescentando, «estamos a falar de um instrumento fundamental para um correcto planeamento dos territórios afectados e que permite actuar no imediato, com conhecimento total do terreno».

Um projecto avança no início de 2018 e irá abranger 30 concelhos – Lousã, Mortágua, Gavião, Vagos, Tondela, Freixo de Espada à Cinta, Penacova, Nelas, Oleiros, Santa Comba Dão, Carregal do Sal, Castelo de Paiva, Vila de Rei, Mangualde, Tábua, Sertã, Vila Nova de Poiares, Seia, Gouveia, Góis, Castanheira de Pêra, Marinha Grande, Vouzela, Mira, Arganil, Pampilhosa da Serra, Figueiró dos Vinhos, Mação, Oliveira do Hospital e Pedrógão Grande –, que correspondem a uma área total ardida de mais de 290 mil hectares, como referiu António Fernandes, director-geral da Municípia, na apresentação técnica.



voltar

 
 
 
Arquivo - OEIRAS DIA A DIA
 
 





Linha Desportiva
Linha Desportiva | Ficha Técnica | Registo ERC nº 125284 | Direcção: Lobo Pimentel | CONTACTOS | Design & Desenvolvimento: ST Collective Copyright © Todos os direitos reservados