Linha Desportiva
Adicionar aos Favoritos Adicionar aos Favoritos
:: Arquivo - Voleibol ::
CV Oeiras está em risco de cair na 3.ª divisão

CV Oeiras está em risco de cair na 3.ª divisão(T)
 

16.Mai.19 - A vitória em Espinho por si só não chega para o Clube de Voleibol de Oeiras se mantenha na divisão secundária masculina, pois estará dependente da derrota da formação ‘BB’ da AA São Mamede no recinto do GD Martingança, no entanto caso a não consiga sair de Espinho com os pontos da vitória a formação oeirense cairá na derradeira divisão nacional.

A derrota caseira no encontro do passado sábado, em que era fundamental vencer, por 2-3 (25/21, 23/25, 16/25, 26/24 e 9/15), com o CS Marítimo, equipa que também lutava pela sobrevivência, deixou os pupilos de Félix Romero num dos lugares de descida, situação que o CV Oeiras à muito não conhecia.

No feminino, a formação do Clube Nacional de Ginástica, que muito cedo garantiu a continuidade na divisão secundária, recebeu e bateu GDC Gueifães, por 3-0 (25/22, 25/16 e 25/10), no derradeiro encontro que lhe valeu terminar sem derrotas esta segunda fase.

CV Oeiras na fase final nacional de juniores

Segunda classificada na ”Série C”, com nove vitórias e uma derrota, a formação júnior do CV Oeiras marcou presença na luta pelo título nacional, onde marcaram presença as melhores oito equipas classificadas da fase regular, competição que decorreu no passado fim-de-semana em São Romão, Seia, onde acabou por disputar e sair derrotado com o Vitória de Guimarães pelo último lugar do pódio, por 0-3 (17/25, 19/25 e 18/25), depois da vitória sobre a AA Espinho, por 3-2 (16/25, 25/17, 25/20, 21/25 e 15/11), e derrota com o Esmoriz, por 3-1 (25/17, 25/17, 21/25 e 25/17), resultados que lhe conferiram a 4.ª posição final.
 
Clube Nacional de Ginástica sobe à Divisão maior
e recebe troféu de campeão nacional secundário


Clube Nacional de Ginástica sobe à I Divisão e recebe troféu de campeão nacional secundário(T)
 

6.Mai.19 - Asseguradas que foram as duas últimas vitórias no nacional secundário, a 25 de Abril sobre a Ala Nun’Álvares de Gondomar, por 1-3, e a 28 de Abril perante o CD Marienses, por 0-3, ambas no reduto dos adversários, o Clube Nacional de Ginástica sagrou-se campeão nacional da 2.ª divisão ao liderar as duas fases do campeonato, a primeira com 18 vitórias e 4 derrotas, a segunda, da luta pelo título e subida de divisão, com 9 vitórias e 1 derrota, números que levaram os pupilos de Radoslav Peytchev a garantirem um lugar na próxima época entre os grandes da modalidade.

O final da tarde de sábado passado, dia 4 de Maio, foi de festa no pavilhão da formação da Parede com a entrada em campo dos jogadores, fisioterapeuta e treinador para receberem das mãos de Fernando Lopes, presidente da Federação Portuguesa de Voleibol, o troféu de campeões, e de Nuno Alves e Manuel Machado, respectivamente, presidente e vogal do executivo da União de Freguesias de Carcavelos e Parede, acompanhados por Manuel Madeira, presidente do Clube Nacional de Ginástica, e outras individualidades, que fizeram a entrega das medalhas do título.

Para a história do emblema do concelho de Cascais fica certamente a excelente época de André Mata, André Werner, João Magalhães, João Celeste, João Quintela, Pedro Lagoá, Daniel Pedro, Joaquim Mariano, Roman Odnorogov, Afonso Leão, António Almeida, Miguel Carvalho, Eduardo Veríssimo, Pedro Sousa, Ricardo Periquito, Pedro Francisco, Jorge Coelho, David Rodrigues e Diogo Borges, jogadores que contaram com os cuidados da jovem fisioterapeuta Beatriz Pinto e dos ensinamentos do treinador Radoslav Peytchev para serem aclamados pelo feito de serem campeões pelos muitos adeptos que marcaram presença na cerimónia que encerrou com chave de ouro a época de 2018/2019.
 

CV Oeiras em risco de descida

A disputar a continuidade na divisão secundária está o Clube de Voleibol de Oeiras, conjunto que a duas jornadas das contas finais está neste momento em lugar de cair para a 3.ª divisão, pois ocupa a 6.ª posição, com 14 pontos, a três da AA São Mamede (5.º) e CS Marítimo (4.º), após a derrota no recinto do GD Martingança, por 3-2 (25/14, 23/25, 25/16, 25/27 e 15/10).

Dois jogos em que a vitória é fundamental para o CV Oeiras fugir do 6.º lugar, o primeiro tem lugar este sábado, dia 11, às 17h00, com o CS Marítimo, no pavilhão de São Julião da Barra, o segundo no sábado seguinte, dia 18, em Espinho, com o Clube de Voleibol local, equipa que tem à muito o passaporte de descida.
 
 
 
 
Arquivo - Andebol
Arquivo - Automóveis
Arquivo - Badminton
Arquivo - Boxe
Arquivo - Ciclismo
Arquivo - Corfebol
Arquivo - Esgrima
Arquivo - Geral
Arquivo - Ginástica
Arquivo - Hipismo
Arquivo - Hóquei em Campo
Arquivo - Horseball
Arquivo - Jetski
Arquivo - Karaté/Judo/Taekwondo
Arquivo - Karting/Motociclismo
Arquivo - Minigolfe
Arquivo - Natação/Polo Aquático
Arquivo - Pesca
Arquivo - Râguebi
Arquivo - Ténis de Mesa
Arquivo - Tiro
Arquivo - Triatlo/Duatlo/Aquatlo
Arquivo - Voleibol
Arquivo - Xadrez
 
 






Linha Desportiva
Linha Desportiva | Ficha Técnica | Registo ERC nº 125284 | Direcção: Lobo Pimentel | CONTACTOS | Design & Desenvolvimento: ST Collective Copyright © Todos os direitos reservados