Linha Desportiva
Adicionar aos Favoritos Adicionar aos Favoritos
:: Arquivo - Triatlo/Duatlo/Aquatlo ::
Olímpico 3.º no pódio masculino e feminino

Olímpico de Oeiras 3.º no pódio masculino e feminino(T)
 
Olímpico de Oeiras 3.º no pódio masculino e feminino(tx)
aa  aa

27.Mar.19 - Portimão foi palco da etapa inaugural do ”Campeonato Nacional de Clubes de Triatlo”, na distância olímpica, competição que decorreu na manhã de sábado, dia 23 de Março, com a participação do Outsystems Olímpico de Oeiras e Estoril Praia Credibom, equipas que ficaram na 3.ª e 7.ª posição da tabela masculina e no 3.º lugar da feminina.

Os quatro primeiros triatletas oeirenses a cortar a meta depois de percorridos os 1.500m de natação, 40.000m de ciclismo e os 10.000m de corrida, foram Miguel Tiago Silva (6.º), Guilherme Pires (14.º), Tiago Fonseca (15.º) e Pedro Eloy (20.º e vencedor no escalão 40-44 anos), por sua vez Rafael Domingos (11.º), Diogo Silva (12.º), Rodrigo Baltazar (47.º) e Filipe Ribeiro (86.º), foram os atletas canarinhos que contribuíram para a classificação por equipas masculinas, enquanto Liliana Andrade (vencedora no escalão 25-29 anos), Andreia Ferrum e Maria Medeiro, ao entrarem na 6.ª, 8.ª e 13.ª posições, fecharam o pódio feminino.

Na prova individual feminina, Rita Monteiro (Unidos de Leceia), em 16.º lugar e vencedora no escalão 35-39 anos, Bibiana Farias, em 18.º, Sofia Sousa, em 20.º ambas do (Outsystems Olímpico de Oeiras), Cláudia Pernencar e Eva Brás (ambas da Associação Humanitária de Bombeiros dos Estoris) e Ana Bigode (GRCD Leião Triatlo), desististiram, tal como toda a armada canarinha constituída por Mafalda Oliveira, Cristiana Martins, Aline Correia, Priscila Gonçalves e Sofia Lopes.

Na masculina, em que cerca de 270 atletas iniciaram a prova, Mário Santos (Associação Humanitária de Bombeiros dos Estoris) entrou no 99.º lugar, Gonçalo Champalimaud (Vitória de Janes) no 104.º e Diogo Pereira (Triatlo Fundação Salesianos) na 122.ª posição.
 
Olímpico de Oeiras vence em Cuba,
Estoril Praia na 3.ª posição do pódio


 

13.Mar.19 - A formação masculina do OutSystems Olímpico de Oeiras foi a grande vencedora do “III Triatlo de Cuba”, primeira etapa da “Taça de Portugal 2019”, com Tiago Fonseca a cortar a meta na 2.ª posição, Alexandre Montez na 5.ª, André Boto na 15.ª e Gonçalo Oliveira na 17.ª, ocupando o lugar mais alto do pódio onde a equipa do Estoril Praia Credibom, com Rafael Domingos (6.º), Diogo Silva (8.º), João Ferreira (21.º) e Filipe Marques (49.º), sentou-se no 3.º lugar.

Individualmente, destaque para as vitórias de Miguel Fragoso (OutSystems Olímpico de Oeiras) no escalão 50/54 anos e Miguel Gaivão (Estoril Praia Credibom) no escalão 55/59 anos masculinos.

Na prova feminina, que contou com mais de meia centena de atletas de oito clubes, Maria Tomé, ao finalizar no 5.º lugar, Liliana Alexandre, no 11.º, e Beatriz Santos, no 20.º, levaram o OutSystems Olímpico de Oeiras à 3.ª posição do pódio por equipas, competição que contou com a participação individual da canarinha Aline Correia, triatleta que terminou os 7.500m de natação, os 19.000m de ciclismo e os 5.000m de corrida, na 38.ª posição.

Com as contas finais apontadas para a derradeira prova, o ”IV Triatlo de Leiria”, que vai decorrer a 7 de Setembro na Lagoa da Ervedeira, as restantes seis provas do calendário da “Taça de Portugal 2019” vão disputar-se nas seguintes datas e locais:
17 de Março – XXV Duatlo de Contra-Relógio em Grândola.
28 de Abril– XVIII Triatlo Cidade de Quarteira Carlos Gravata na Quarteira.
8 de Junho – XXXVI Triatlo Cidade de Peniche.
16 de Junho – III Triatlo de Alhandra.
7 de Julho – III Triatlo David Vaz no Fundão.
28 de Julho – III Triatlo de Coruche.
 
Rafael Domingos vencedor em Arronches
• Olímpico de Oeiras no 2.º lugar por equipas



27.Fev.19 - O estorilista Rafael Domingos foi o grande vencedor do “XI Duatlo de Arronches 2019”, competição do “Campeonato Nacional de Clubes” disputada em dois segmentos, corrida e ciclismo, a primeira a abrir e fechar a prova nas distâncias de 4.900 metros e 2.500 metros, a segunda a ter 20.350 metros, que contou com a participação de mais de 160 duatletas, entre os quais 31 do Estoril Praia Credibom, OutSystems Olímpico de Oeiras e Vitória de Janes.
 

Individualmente classificaram-se no ‘top 20’ masculino mais três atletas da Linha, José Cabeça (8.º) e Rui Narigueta (19.º), ambos do OutSystems Olímpico de Oeiras, e Diogo Silva (12.º), do Estoril Praia Credibom, enquanto na classificação feminina a oeirense Céu Nunes terminou na 9.ª posição, destaque para Fernando Pombo, do OutSystems Olímpico de Oeiras, que terminou a prova no 129.º lugar, pela 1.ª posição no escalão 65-69 anos.

Na tabela por equipas, a OutSystems Olímpico de Oeiras, com José Cabeça, Rui Narigueta e Pedro Eloy, alcançou o 2.º lugar na masculina, seguida em 3.º pelo Estoril Praia Credibom, com Rafael Domingos, Diogo Silva e Filipe Marques, na feminina a formação de Oeiras, com Céu Nunes, Cátia Curica e Fernanda Moura, classificou-se na última posição.
 
Estoril e Tiago Fonseca primeiros em Rio Maior

 

6.Fev.19 - A formação do Estoril Praia Credibom, campeã em título, conquistou através das entradas de Rafael Domingos (4.º), Diogo Silva (10.º) e João Francisco Ferreira (15.º), a vitória por equipas, enquanto Tiago Fonseca, do Outsystems Olímpico de Oeiras, foi o grande vencedor a nível individual da que foi a segunda prova da época, o “VI Duatlo Cidade de Rio Maior”, que decorreu no passado sábado, dia 2 de Fevereiro, com a participação de 350 atletas, a primeira a contar para o ”Campeonato Nacional de Clubes de Duatlo”, de Juniores e Cadetes da época de 2019.

Individualmente destaque para o 14.º lugar de André Boto e 24.º de Guilherme Pires que, juntamente com o 1.º de Tiago Fonseca, valeram a subida ao pódio do Outsystems Olímpico de Oeiras na 2.ª posição na tabela por equipas, entre 31 clubes, com a última a ser ocupada pela formação do Triatlo Fundação Salesianos composta por João Marques (161.º), Diogo Pereira (162.º) e Tiago Batista (210.º).

Na prova feminina, que contou com seis dezena de duatletas, Liliana Alexandra, do Outsystems Olímpico de Oeiras, foi a melhor da Linha ao finalizar na 12.ª posição, Eva Brás, da Associação Humanitária de Bombeiros dos Estoris, entrou na 37.ª, e Isabel Moreira, Triatlo Fundação Salesianos, no 48.º lugar.
 
Estoril Praia à espera da decisão do título
• Nuno Silva o primeiro da Linha no Algarve


 

23.Nov-18 - A algarvia ”Tri Run 4.0”, disputada em Vilamoura no meio de uma intempérie que assolou o país e que levou a organização a substituir a prova de natação por uma de corrida de 5.000m, mantendo no entanto os 91.500m de ciclismo e a final de 21.100 de corrida, não levou o Estoril Praia Triatlo ao lugar mais alto do pódio por equipas por 7 segundos, pois Rafael Domingos (7.º), que se sagrou vencedor no escalão 20-24 anos, Rafael Gomes (8.º) e Filipe Marques (10.º), vencedor no escalão 30-34 anos, somaram 13.40,56 horas enquanto os três primeiros atletas do Peniche AC contabilizaram 13.40,49 horas, naquela que foi a última prova da época e que deixou a formação canarinha à espera das contas finais federativas para se conhecer o campeão de 2018.

O primeiro e melhor triatleta da Linha na terceira e última etapa do ”Campeonato Nacional de Clubes de Triatlo Longo” foi Nuno Silva, do OutSystems Olímpico de Oeiras, ao cortar a meta na 3.ª posição, que lhe valeu o 1.º lugar no escalão 40-44 anos, que juntamente com a entrada na 28.ª posição de Carlos Silva (1.º lugar no escalão 55-59 anos) e a 77.ª de Fernando Coito, que valeu ao emblema oeirense o 7.º lugar por equipas, enquanto a nível individual Paulo Marques (Associação Humanitária de Bombeiros dos Estoris), Rui Velez e Luís Duarte (ambos do GRCD Leião Triatlo) chegavam na 86.ª, 88.ª e 90.ª posição entre os 93 atletas que conseguiram finalizar a dura prova.

A nível feminino, marcaram presença cinco triatletas, quatro do Estoril Praia Triatlo com Hanna de Sousa a cortar a meta em 3.º lugar, que lhe valeu a vitória no escalão 40-44 anos, Ana Barreto entrou em 6.º e foi a vencedora no escalão 35-39 anos, enquanto as canarinhas Sofia Lopes e Ana Lopes se juntaram a Cláudia Pernencar (Associação Humanitária de Bombeiros dos Estoris) no grupo de desistentes.

Entretanto para fechar a época o Estoril Praia Triatlo promoveu um jantar em que se juntaram à mesa atletas, dirigentes, treinadores, despedida de uma no em que o emblema do concelho de Cascais conheceu vitórias e títulos na modalidade, convívio que contou com a presença de Pedro Morais Soares, presidente da União de Freguesias de Cascais e Estoril, autarquia que fez questão de ao longo de 2018 dar o seu apoio à formação estorilista.
 
Canarinho João Francisco Ferreira
vice-campeão de Longa Distância
• Ana Lopes campeã no escalão 40-44 anos


 

7.Nov.18 - Aos títulos de campeão nacional de Média Distância e Duatlo (Standard), João Francisco Ferreira, triatleta do Estoril Praia, acaba de juntar no passado sábado nos Açores o de vice-campeão de Longa Distância (4km de Natação, 120km de Ciclismo e 30km de Corrida) ao cortar a meta na 2.ª posição entre os mais de 70 que iniciaram a prova, tabela que contou ainda com mais 11 atletas da Linha, que terminaram nos seguintes lugares:

5.º Filipe Marques (Estoril Praia Triatlo); 7.º Nuno Silva/campeão no escalão 40-44 anos (Outsystems Olímpico de Oeiras); 8.º Rafael Gomes; 12.º Rafael Domingos/campeão no escalão 20-24 anos (ambos do Estoril Praia Triatlo); 13.º Marco Vieira (Outsystems Olímpico de Oeiras); 16.º Ricardo Costa; 28.º Nelson Moreira (ambos da Associação Humanitária Bombeiros dos Estoris); 36.º Carlos Silva/campeão no escalão 55-59 anos (Outsystems Olímpico de Oeiras); 38.º Carlos Maia (Sport Algés e Dafundo); 61.º Pedro Nunes (Outsystems Olímpico de Oeiras); 64.ª de Francisco Salgado/campeão no escalão 60-64 anos (Associação Humanitária Bombeiros dos Estoris).

Na prova feminina, na mesma distância, a canarinha Ana Lopes ao cortar a meta na 4.ª posição na geral conquistou o título de campeã nacional seguida de Hanna de Sousa (5.ª), sua companheira de equipa, que subiu ao pódio como vice-campeã, ambas no escalão 40-44 anos, triatletas que juntamente com Ana Barreto (12.ª) deram a vitória colectiva ao Estoril Praia Triatlo, com a tabela individual feminina a contar ainda com Diana Lourenço (Associação Humanitária Bombeiros dos Estoris) na 8.ª posição.

Na colectiva masculina, a formação do Estoril Praia Triatlo foi 2.ª no ”Triatlo dos Açores”, posição que permite aos canarinhos discutirem o título de campeões por equipas na derradeira etapa do “Campeonato Nacional de Clubes” – o I>‘Algarve Tri Run 4.0’ – que tem lugar no fim-de-semana de 17 e 18 de Novembro, em Vilamoura.
 
Oeirenses Melissa Maia e Carlos Gomes
campeões nacionais de “Duatlo Sprint”



18.Out.18 - Sete duatletas do OutSystems Olímpico de Oeiras, seis masculinos (um desistiu) e uma feminina, marcaram presença no “XVIII Duatlo do Cadaval”, competição onde se discutiram os títulos nacionais de 2018, prova iniciada com 4.900m de corrida, seguida de 23.000m de ciclismo e finalizada com mais 2.500m de corrida, em que o melhor resultado dos oeirenses acabou por ser conquistado por Melissa Maia, 3.ª classificada na tabela Absoluta feminina, que lhe conferiu a subida ao pódio como campeã nacional no escalão 30-34 anos.

Em masculinos, em que por equipas o OutSystems Olímpico de Oeiras ficou na 4.ª posição entre 14 clubes, Custódio António, em 12.º lugar, foi o melhor na tabela Absoluta, acabando no entanto por se sagrar vice-campeão em 40-44 anos, Rui Narigueta foi 14.º e 3.º no escalão 40-44 anos, Luís Almeida chegou em 24.º sendo vice-campeão em 45-49 anos, Carlos Gomes, que finalizou na 32.ª posição, subiu ao pódio de 55-59 anos para ser consagrado campeão, com Tiago Lopes a ser o último dos oeirenses a cortar a meta, em 48.º lugar entre os 88 atletas que terminaram, sendo o 3.º no escalão 20-24 anos.
 
Alexandre Montez (Olímpico de Oeiras)
com prata nos “Olímpicos da Juventude”


 

11.Out.18 - O jovem Alexandre Montez, triatleta de 16 anos do Outsystems Olímpico de Oeiras, subiu ao pódio para rceber a medalha de prata nos “Jogos Olímpicos da Juventude”, que decorrem em Bueno Aires, Argentina, ao finalizar na 2.ª posição, com o tempo de 53,39m, a prova de triatlo que o neozelandês Dylan Mccullough saiu vencedor com o tempo de 53,27m, com o 3.º lugar a ser ocupado pelo italiano Alessio Crociani, com 53,45m.

O oeirense, que marcou presença nos “Jogos Olímpicos da Juventude” em representação de Portugal, foi no entanto o mais rápido no terceiro elemento da prova, a corrida, com 15,33m, menos 37 segundos que Mccullough (16,10m) e menos 56 que Crociani (16,29m).

Esta não é a primeira medalha de prata de Alexandre Montez a nível mundial, pois em Agosto passado, para além da de bronze, conquistada pelo 3.º lugar por equipas no “Campeonato da Europa da Juventude”, recebeu a da 2.ª posição a nível individual.
 
2.661 atletas no “Ironman 70.3” em Cascais
• Última prova oficial de Bruno Pais


 

3.Out.18 - A segunda edição do “Ironman 70.3” em Cascais, a primeira, recorde-se, com mais de dois milhares de atletas de vários países, contou este ano com um número recorde de participantes, masculinos e femininos, competição que fica marcada pela despedida do canarinho Bruno Pais como profissional, que no entanto mantém a sua ligação ao Estoril Praia Triatlo.

A prova, com partida da praia dos Pescadores com os atletas a nadarem 1,9km, seguida de 90,1km de ciclismo e 21,1km de corrida, teve como vencedor masculino o espanhol Fernando Alarza que subiu ao pódio ladeado pelos portugueses João Silva e Filipe Azevedo, com o feminino a ser ocupado pela polaca Agnieszka Jerzyk, pela belga Katrien Verstuyft e pela inglesa Sarah Lewis, com a lusa Ana Filipa Santos na 8.ª posição.

Os espetadores que junto da meta esperavam a chegada de Bruno Pais, pois era importante uma despedida brilhante do que foi o melhor atleta português nacional e internacional na modalidade, acabaram por ovacionar o canarinho pela sua entrada no 19.º lugar que marcou a sua última prova oficial, uma despedida que o Estoril Praia Triatlo fez questão de relevar enaltecendo a brilhante carreira de Bruno Pais, quer em tempos com a camisola do SL Benfica, quer com a canarinha nestes dois derradeiros anos, que somados foram 20 de grandes conquistas.

O “Ironman 70.3”, que contou com o apoio da Câmara Municipal de Cascais, cujo edil, Carlos Carreiras, fez questão de referir na conferência de imprensa que antecedeu a prova, que o “Ironman” é muito importante para a afirmação do concelho que tem vindo a apostar em eventos internacionais, importantes enquanto marketing territorial, mas também para reforçar a competitividade de Cascais num mundo mais global, finalizou como sempre com a cerimónia de entrega de prémios onde marcou presença Nuno Piteira Lopes, vereador de Desporto da autarquia cascalense.
 
João Francisco Ferreira (Estoril Praia)
com mais um título de campeão nacional



29.Ago.18 - Mais um título em 2018 para o canarinho João Francisco Ferreira, o de campeão nacional de ‘Média Distância’ (1.900m de natação, 90.000m de ciclismo e 21.100m de corrida), conquistado na manhã de domingo passado, dia 26 de Setembro, no “Douro Triatlo”, cometição que contou ainda com uma prova ‘Standard’ (1.500m de natação, 40.500m de ciclismo e 10.000m de corrida) em que a vitória pertenceu a outro triatleta do Estoril Praia, Diogo Silva.
 

Na prova principal masculina, para além de atletas do Estoril Praia Triatlo (3.ª por equipas) marcaram presença atletas do Outsystems Olímpico de Oeiras (4.ª), Unidos de Leceia, Sport Algés e Dafundo (21.ª) e Associação Humanitária de Bombeiros dos Estoris (24.ª), entre os quase 190 participantes, com os melhores dos restantes emblemas Linha a entrarem nos seguintes lugares: 13.º Marco Costa (Olímpico de Oeiras); 49.º Rui Fonseca (Unidos de Leceia); 64.º Pedro Machado (Algés e Dafundo); 100.º Rui Gaspar (Bombeiros dos Estoris), destaque ainda para Carlos Gomes (Olímpico de Oeiras) vencedor no escalão de 55-59 anos

Na feminina, Hanna de Sousa (Estoril Praia Triatlo) finalizou na 8.ª posição, enquanto Claúdia Pernencar (Bombeiros dos Estoris) não cumpriu os 21.100m de corrida.
Na ‘Standard’, Carlos Carvalho (Olímpico de Oeiras) chegou em 6.º lugar, Pedro Cordeiro (Vitória de Janes) na 12.ª posição.
 
Estoril Praia campeão da “Taça de Portugal”


13.Ago.18 - Das oito provas previstas que o calendário federativo tinha para definir o campeão por equipas da “Taça de Portugal de Triatlo 2018”, apenas sete acabaram por realizar-se e contar para as contas finais, já que a última, no início de setembro, em Viana do Castelo, foi cancelada, prova em que qualquer dos emblemas que ocupavam o pódio podiam chamar a si o título.

A formação do Estoril Praia Triatlo, que venceu três das provas em Grândola (com João Ferreira, Diogo Silva e Rafael Domingos), em Quarteira (com João Ferreira, Diogo Silva e Rafael Domingos) e no Fundão (com João Ferreira, Diogo Silva e Bruno Pais), ocupando a 3.ª posição em Alhandra, os 4.ºs lugares em Peniche e Coruche e o 8.º em Leiria, acabou por ser declarada como campeã, com 980 pontos, mais 20 que a do Outsystems Olímpico de Oeiras (960) e mais 30 que o Alhandra Sporting Clube (950).
 
 
 
 
Arquivo - Andebol
Arquivo - Automóveis
Arquivo - Badminton
Arquivo - Boxe
Arquivo - Ciclismo
Arquivo - Corfebol
Arquivo - Esgrima
Arquivo - Geral
Arquivo - Ginástica
Arquivo - Hipismo
Arquivo - Hóquei em Campo
Arquivo - Horseball
Arquivo - Jetski
Arquivo - Karaté/Judo/Taekwondo
Arquivo - Karting/Motociclismo
Arquivo - Minigolfe
Arquivo - Natação/Polo Aquático
Arquivo - Pesca
Arquivo - Râguebi
Arquivo - Ténis de Mesa
Arquivo - Tiro
Arquivo - Triatlo/Duatlo/Aquatlo
Arquivo - Voleibol
Arquivo - Xadrez
 
 






Linha Desportiva
Linha Desportiva | Ficha Técnica | Registo ERC nº 125284 | Direcção: Lobo Pimentel | CONTACTOS | Design & Desenvolvimento: ST Collective Copyright © Todos os direitos reservados