Linha Desportiva
Adicionar aos Favoritos Adicionar aos Favoritos
:: Arquivo - Futsal ::
CF Sassoeiros, a três vitórias da elite,
abre com o Rio Ave a 16 de Setembro


Sassoeiros, a três vitórias da elite, abre com o Rio Ave a 16 de Setembro(T)

29.Ago.20 - Finalmente temos lugar, o Palácio de Desportos de Torres Novas, localizado no centro do país, e calendário de jogos onde apenas constam 11 dos 12 clubes inicialmente indicados, o Olho Marinho desistiu, factos que deixam o CF Sassoeiros a conhecer o caminho para alcançar um lugar entre os grandes do futsal nacional.

Primeiro, no dia 16 de Setembro, terá de passar o Rio Ave, equipa que na altura da paragem dos campeonatos ocupava o 2.º lugar da ”Série B”, seguindo-se no dia 18, caso despache os vila-condenses, o Ferreira do Zêzere, que liderava a ”Série D”, nova vitória deixará, no dia 20, a formação de Carcavelos perante o vencedor do Caxinas, 1.º da ”Série B”,, Barreirense, 2.º da ”Série F”, ou ABC Nelas, 2.º da ”Série C”.

Três vitórias necessárias para chegar à divisão de elite, à ”Liga Placard”, que tem o pontapé de saída apontado para 3 de Outubro e em que o CF Sassoeiros poderá ter pela frente o Burinhosa ou o CRC Quinta dos Lombos, caso não haja festa no domingo, dia 20 de Setembro, em Torres Novas, a formação até agora liderada por Tiago Guelho e Luís Varela, a que se juntaram Nuno Santos e Tiago Lobão como adjuntos, mantendo-se Sérgio Rodrigues como treinador de guarda-redes, iniciará o nacional secundário a 10 de Outubro, cujo calendário ainda não foi sorteado pela FPF, na companhia do Reguilas de Tires e CDR “Os Vinhais”.

São 16 os jogadores que vão disputar o acesso à 1.ª divisão, Jota, Bruno Pires, Manuel Pinto, David Batista, Renato Hortas, Rafael Azenha, Graciano Cruz e João Pires, que já vestiam a camisola do CF Sassoeiros, Tiago Gomes e Pedro Gomes (ex-Estoril Praia), Ruizinho (ex-Ferreira do Zêzere), Cláudio Tavares e Luís Fernandes (ex-Rangel) e Edi (ex-Novos Talentos), os seis reforços, a que se juntam dois jovens que militavam na época passada nos sub-20 sassoeirenses, o guarda-redes Manuel Madeira e o atacante Gonçalo Lopes.
 
Sassoeiros entre a dúzia no ataque à elite

Sassoeiros entre a dúzia no ataque à elite(T)

24.Jun.20 - A época não teve final, não houve campeões, subidas directas e descidas, no entanto a federação acabou por criar uma competição que vai levar dois emblemas secundários à 1.ª divisão, luta que 12 clubes vão estar e onde o Clube de Futebol de Sassoeiros, equipa treinada pela dupla Tiago Guelho/Luís Varela e vencedora da “Série F” da divisão secundária, tem lugar marcado tendo em vista a subida onde estão CRC Quinta dos Lombos e Leões de Porto Salvo.

CF Sassoeiros que vai ter de jogar três partidas em cinco dias, tendo como possíveis adversários as formações do Nun'Álvares, CD Aves, Caxinas, Rio Ave, Dínamo Sanjoanense, ABC Nelas, Ferreira do Zêzere, Ladoeiro, Olho Marinho, Fonsecas e Calçada e Barreirense.

Para que a subida se concretize o CF Sassoeiros tem de marcar presença na final, situação que o clube de Carcavelos não descura para já, pois para além de manter oito jogadores do plantel que brilhantemente ajudaram o emblema ao topo da sua série – Jota, Bruno Pires, Manuel Pinto, David Batista, Renato Hortas, Rafael Azenha, Graciano Cruz e João Pires, fazendo subir dos sub-20 dois jovens, o guarda-redes Manuel Madeira e o atacante Gonçalo Lopes –, foi buscar seis reforços – Tiago Gomes e Pedro Gomes (ex-Estoril Praia), Ruizinho (ex-Ferreira do Zêzere), Cláudio Tavares e Luís Fernandes (ex-Rangel) e Edi (ex-Novos Talentos), que certamente darão uma maior valia à formação do concelho de Cascais.

Federação alarga, desce e cria
a futebolização da modalidade


Em comunicado, a FPF deu como aprovado um plano de reestruturação do futsal sénior e formação, masculino e feminino, nas próximas três épocas, no qual em 2020/2021 a 2.ª divisão masculina é alargada para 88 clubes, com 64 a descerem na seguinte para uma nova 3.ª divisão, competições que só em 2022/2023 vão ter os seus quadros competitivos definidos, entretanto a 1.ª divisão vai, na época que aí vem, ser discutida por 16 emblemas, eram 14, número de clubes que será reduzido na seguinte (14) e que será disputada por 12 em 2022/2023, tal como acontecerá com a principal divisão feminina, que terá como novidade uma 2.ª divisão na próxima época.
 
 
 
 
Arquivo - Futsal
 
 




Linha Desportiva
Linha Desportiva | Ficha Técnica | Registo ERC nº 125284 | Direcção: Lobo Pimentel | CONTACTOS | Design & Desenvolvimento: ST Collective Copyright © Todos os direitos reservados