Linha Desportiva
Adicionar aos Favoritos Adicionar aos Favoritos
:: TÉNIS ::
UFCE
 
Vinolas recebeu de Carlos Carreiras troféu
de campeão da 6.ª edição do “Estoril Open”


Vinolas recebeu de Carlos Carreiras troféu de campeão da 6.ª edição do “Estoril Open”(T)
 

3.Mai.21 - Chegou ao fim mais uma edição do ”Millennium Estoril Open”, a 6.ª, esta sem público devido à pandemia, com o espanhol Albert Ramos-Vinolas a sagrar-se campeão ao bater na final o britânico Cameron Norrie, em três sets, por 4/6, 6/3 e 7/6(3), na final mais equilibrada da história do torneio em que foi preciso 2h45 para que Carlos Carreiras, presidente da Câmara Municipal de Cascais, Miguel Maya, CEO do Millennium bcp, e João Zilhão, director do torneio, descessem ao court principal do Clube de Ténis do Estoril para a cerimónia final de entrega de prémios.

Albert Ramos-Vinolas, que conquistou o primeiro título da temporada e o terceiro da carreira, afirmando-se neste momento como, provavelmente, um dos melhores da sua carreira, chegou ao Clube de Ténis do Estoril como o tenista com mais vitórias (11) em terra batida neste ano e despede-se com esse estatuto reforçado, 16 vitórias, desta forma, o tenista espanhol sucede a Richard Gasquet, Nicolás Almagro, Pablo Carreño-Busta, João Sousa e Stefanos Tsitsipas na galeria de campeões do único torneio ATP em Portugal.

Antes da final de singulares disputou-se a de pares, em que o monegasco Hugo Nys e o alemão Tim Puetz, ao vencerem a dupla britânica constituída por Luke Bambridge e Dominic Inglot, por 7-5, 3-6 e 10-3, foram coroados campeões do ”Millennium Estoril Open 2021”.
Vinolas recebeu de Carlos Carreiras troféu de campeão da 6.ª edição do “Estoril Open”(tx)
aa
 
FOTO
 
Nuno Borges último português
a cair no “Millennium Estoril Open”


Nuno Borges último português a cair no “Millennium Estoril Open”(T)
 

30.Abr.21 - O croata Marin Cilic, ex-top 5 mundial e actual 42.º do ranking, travou Nuno Borges de disputar os oitavos-de-final do ”Millennium Estoril Open 2021”, precisando no entanto de três sets para levar de vencida o tenista maiato, único sobrevivente da armada portuguesa que iniciou o evento que conta com o apoio da Câmara Municipal de Cascais e que decorre até domingo, dia 2 de Abril, no Clube de Ténis do Estoril.

Nuno Borges que, no dia anterior, segunda-feira, ao em que João Sousa saiu da 6.ª edição do ”Millennium Estoril Open”, bateu o australiano Jordan Thompson, por 7/6(5) e 6/3, vitória que lhe permitiu jogar a passagem aos oitavos-de-final com Marin Cilic numa partida que durou 2 horas e 27 minutos com Nuno a vencer o set inicial por 7/6(5) e perdendo os dois seguintes por 4/6 de um duelo emocionante, que o arredaram da prova onde deixou a sua marca e que lhe conferiu a subida de mais de 30 lugares no ranking ATP.

João Sousa por sua vez não foi capaz de ultrapassar o britânico Cameron Norrie, perdendo por 6/1 e 6/3 com o que foi seu parceiro em pares, igualmente eliminado.

Quartos-de-final disputados hoje, sexta-feira, em que Cameron Norrie defronta o chileno Cristian Garin, o crota Marin Cilic o sul-africano Kevin Anderson, o francês Corentin Moutet, que bateu de forma surpreendente o canadiano Dennis Shapovalov, o espanhol Albert Ramos-Vinolas e o francês Ugo Humbert o espanhol Alejandro Davidovich Fokina, a disputa das meias-finais.
 
Nuno Borges junta-se a João Sousa
no quadro principal do “Estoril Open”
* Carlos Carreira na jornada de abertura


Nuno Borges junta-se a João Sousa no quadro principal do “Estoril Open”(T)
 

26.Abr.21 - No passado sábado, 24 de Abril, Nuno Borges, Frederico Ferreira da Silva, Pedro Sousa e João Domingues entraram em campo para disputarem a 1.ª ronda de qualificação do Millennium Estoril Open”, dia em que Carlos Carreiras, presidente da Câmara Municipal de Cascais, marcou presença no Clube de Ténis de Estoril para, juntamente com João Zilhão, director do torneio, Miguel Maya, CEO do Millennium bcp, e o tenista João Sousa, dar a conhecer o troféu que vai ser entregue ao campeão de 2021.

Pedro Sousa e João Domingues cairam na jornada inaugural perante o suíço Marco-Andrea Huesler e o espanhol Carlos Taberner, enquanto Nuno Borges e Frederico Ferreira da Silva passavam à ronda seguinte mercê das vitórias sobre o britânico Liam Broady, por 6/3 e 7/5, e o norte amercicano Brandon Nakashima, por 6/2 e 6/3, 2.ª ronda que foi disputada domingo, 25 de Abril, que ditou o afastamento de Frederico Ferreira da Silva pelo espanhol Jaume Munar e a passagem ao quadro principal de Nuno Borges ao levar de vencida o espanhol Roberto Carballes Baena, por 7/5 e 6/4.

Quadro principal que tem a raquete de saída apontada para hoje, segunda-feira, 26 de Abril, dia em que João Sousa inicia a sua participação na 6.ª edição do Millennium Estoril Open” defrontando o britânico Cameron Norrie, com Nuno Borges a ter pela frente o australiano Jordan Thompson.
 
“Millennium Estoril Open” arranca este sábado
* português Pedro Sousa no qualifiyng


“Millennium Estoril Open” arranca este sábado(T)
 

23.Abr.21 - Sábado, 24 de Abril, entram em campo os dois tenistas portugueses, Frederico Silva, 171.º ATP, e Nuno Borges, 331.º ATP, que vão disputar o acesso ao qualifiyng, competição em que Pedro Sousa, n.º 2 português e 113.º mundial, teve entrada directa na que vai ser a 6.ª edição do ”Millennium Estoril Open”, que tem como palco os courts do Clube de Ténis do Estoril até 2 de Maio, dia em que será aclamado o campeão de 2021.

O ”Millennium Estoril Open”, que conta com o apoio da Câmara Municipal de Cascais, tem como novidades a entrega dos dois restantes wild cards ao canadiano Denis Shapovalov, n.º 14 mundial e campeão júnior de Wimbledon 2016, e ao japonês Kei Nishikori, n.º 39.º e ex-n.º 4 mundial, vice-campeão do US Open 2014 e medalha de bronze nos Jogos Olímpicos do Rio 2016, que se juntam ao melhor tenista português, João Sousa, actualmente 105.º ATP e campeão do Estoril Open 2018”, que vão completar a lista dos 22 tenistas com acesso directo, liderada pelo argentino Diego Schwartzman, n.º 9 mundial.

Quadro Principal que conta ainda com o espanhol Pablo Carreño-Busta (13.º), o francês Gael Monfils (15.º), o argentino Cristian Garin (22.º), o francês Ugo Humbert (31.º), Alexander Bublik (42.º), o croata Marin Cilic (44.º), os espanhois Albert Ramos-Vinolas (46.º) e Alejandro Davidovich Fokina (48.º), os franceses Jérémy Chardy (51.º) e Richard Gasquet (52.º), o sul-africano Lloyd Harris (53.º), o britânico Cameron Norrie (56.º), o australiano Jordan Thompson (59.º), o norte-americano Frances Tiafoe (65.º), o espanhol Fernando Verdasco (69.º), os franceses Gilles Simon (70.º) e Pierre-Hugues Herbert (78.º), e o espanhol Pablo Andujar (80.º).
 
Este ano, de 24 de Abril a 2 de Maio,
regressa o “Millennium Estoril Open”


Este ano, de 24 de Abril a 2 de Maio, há “Millennium Estoril Open”(T)

30.Mar.21 - O argentino Diego Schwartzman (9.º ATP) e o chileno Christian Garin (20.º) são as caras novas confirmadas nesta 6.ª edição do ”Millennium Estoril Open”, entre os tenistas anunciados do top 20 que vão marcar presença no court do Clube de Ténis do Estoril entre 24 de Abril e 2 de Maio, sem a presença de público como foi sublinhado por João Zilhão, director do torneio, que acompanhado por Miguel Pinto Luz, vice-presidente da Câmara Municipal de Cascais, Miguel Maya, CEO do Millennium bcp, fizeram a apresentação do evento que teve transmissão directa esta terça-feira na TVI, emissão coordenada por Iva Domingues.
 

João Zilhão, director do torneio, adiantou: “vamos ter um torneio excelente e com um recorde de cinco tenistas do top 20, a nossa missão para este ano é dificultada pelas circunstâncias conhecidas de todos, mas para nós era essencial realizar o evento em 2021 e mostrar que estamos de volta”, acrescentando “O Millennium Estoril” não pode dar-se ao luxo de não se disputar em dois anos consecutivos sob pena de colocar em causa a sua futura permanência no calendário do ATP Tour.

Por sua vez Miguel Pinto Luz, vice-presidente da Câmara Municipal de Cascais, referiu: há sete anos que somos parceiros do “Millennium Estoril Open” que é o evento internacional mais importante para Cascais. Somos um destino turístico de excelência pelo que dependemos muito deste torneio para gritar bem alto a marca Portugal e a marca Cascais além-fronteiras. Este ano o evento vai provar que aqui em Cascais temos um espírito de resiliência enorme para ultrapassamos as adversidades maiores”.

Para além das confirmações de Diego Schwartzman e Christian Garin, foram anunciadas a participação do francês Gael Monfils(14.º), do espenhol Pablo Carreño-Busta (15.º e campeão da prova em 2017), do italiano Fábio Fognini (17.º), do português João Sousa (campeão em 2018), que recebeu o primeiro wild card, que juntamente com a velha guarda onde se destacam dois antigos top 10, o francês Richard Gasquet (vencedor em 2015) e o espanhol Fernando Verdasco, assim como os tenistas da nova geração cazaque Alexander Bublik (finalista este ano em Antalya e Singapura), o sul-africano Lloyd Harris, (finalista este ano no ATP 500 do Dubai), o espanhol Alejandro Davidovich-Fokina (antigo campeão júnior de Wimbledon e revelação do “Millennium Estoril Open” em 2019) e o norte-americano Frances Tiafoe (finalista em 2018), são nomes a constar no sorteio que terá lugar a 24 de Abril, dia do início da fase de qualificação no Clube de Ténis do Estoril.
 
 
 
 
Arquivo - Ténis
 
 




Linha Desportiva
Linha Desportiva | Ficha Técnica | Registo ERC nº 125284 | Direcção: Lobo Pimentel | CONTACTOS | Design & Desenvolvimento: ST Collective Copyright © Todos os direitos reservados