Linha Desportiva
Adicionar aos Favoritos Adicionar aos Favoritos
:: Arquivo - Automóveis ::
Cascalense Félix da Costa vence em Zandvoort

Félix da Costa vence em Zandvoort(T)
 

Após ter terminado a corrida de sábado na 2.ª posição, atrás do alemão Marco Wittmann, o piloto cascalense António Félix da Costa, ao volante de um BMW M4, tornou-se no domingo, dia 12 de Julho, o primeiro português a vencer uma prova do campeonato alemão de carros de turismo (DTM), ao impor-se na segunda corrida em Zandvoort, na Holanda, batendo por 473 centésimos o brasileiro Augusto Farfus (BMW M4), com o canadiano Bruno Spengler a quedar-se pela última posição do pódio.

O triunfo valeu a António Félix da Costa a subida ao 8.º lugar da competição germânica, somando 43 pontos, que é liderada por Jamie Green (Audi RS5), piloto que idera a tabela com 81 pontos.

A próxima prova do DTM tem lugar em Red Bull Ring, na Áustria, no fim-de-semana de 31 de Julho e 1 de Agosto.
Félix da Costa vence em Zandvoort(tx)
 
“European Le Mans Series 2014”
este sábado e domingo no Estoril


 

O Autódromo do Estoril volta a ser palco das grandes competições internacionais de automobilismo ao receber a derradeira etapa do “European Le Mans Series 2014”, campeonato de resistência inspirado nas míticas “24 Horas de Le Mans”, prova que vai ter lugar este fim-de-semana, dias 18 e 19, com o apoio da Câmara Municipal de Oeiras, que marca presença no evento estorilista de forma original.

Considerada a mais importante prova de velocidade disputada este ano em Portugal, a etapa portuguesa do “European Le Mans Series” traz ao Estoril os sofisticados sport-protótipos de competição que estarão em pista juntamente com viaturas de Grande Turismo de marcas como a Porsche, Ferrari, BMW e Aston Martin.

O Município de Oeiras estará no local da prova com uma novidade: uma roulotte americana, o novo stand móvel que estará presente nos eventos exteriores fazendo a promoção turística do concelho ao público presente, com destaque para o Vinho de Carcavelos Villa Oeiras, produzido pela autarquia.

A Câmara Municipal de Oeiras convidou ainda os 60 jornalistas acreditados para a cobertura da prova a visitarem a Adega do Palácio do Marquês de Pombal, em Oeiras, onde os representantes dos media que acompanham a prova internacional poderão provar o vinho de Carcavelos Villa Oeiras, que será servido por confrades e confreiras da Confraria do Vinho de Carcavelos.
 
Cascalense António Félix da Costa
cumpriu sonho de vencer em Macau


Félix da Costa cumpriu sonho de vencer em Macau(T)
 

O piloto português da equipa Carlin venceu hoje o Grande Prémio de Macau de Fórmula 3, cumprindo um sonho que não escondeu desde o primeiro dia. “Não há palavras. Ganhar aqui em Macau com esta comitiva portuguesa é incrível”, confessou.
António Félix da Costa partiu na “pole position” e controlou de forma exímia as 15 voltas do difícil e intricado circuito da Guia, com a oposição feroz do segundo e terceiro, Felix Rosenqvist e Alex Lynn. O sueco ainda tentou a ultrapassagem logo na primeira volta, mas Félix dobrou a curva do Lisboa na frente e não mais de lá saiu.
“Foi uma prova muito difícil, sempre no limite e muito próximo das paredes”, explicou. “Ao mínimo erro as coisas podiam correr mal”. O piloto cascalense disse que esteve calmo todo o fim-de-semana e que este era o dia que contava. “Queria ganhar hoje e consegui. Macau era um objectivo pessoal e é incrível ter este titulo no meu palmarés”.
O piloto não conta regressar a Macau e esta era a última oportunidade que dispunha. “Juntamente com a equipa, sem nenhum problema mecânico, conseguimos trazer esta vitória para Portugal”. Para o futuro, disse estar “nas mãos da Red Bull” mas conta dar o salto já na próxima temporada. “Em princípio, serão as World Series by Renault 3.5. Gostava de começar a pôr o pé na Fórmula 1, este ano já o fiz e gostaria de fazer mais para o ano”.
A vitória em Macau ficou ainda marcada pelo erro da organização que se enganou no hino português quando os pilotos estavam no pódio para receber o troféu. Os portugueses que estavam a assistir não se fizeram rogados, e cantaram “A Portuguesa” a plenos pulmões, levando o jovem piloto às lágrimas. “O pormenor do hino foi muito triste, mas por outro lado tivemos um momento muito bonito com todos os portugueses a cantar”.
(Texto e fotos de Sandra Pimentel em Macau)
 
Félix da Costa vence corrida qualificativa

 

O piloto cascalense, ao volante de um Carlin-Volkswagen, assegurou a pole position para a Taça Intercontinental de F3 em Macau, assim António Félix da Costa partirá da pole para a 30.ª edição do “Grande Prémio de Macau de Fórmula 3”, após uma confortável vitória na classificativa, alcançada hoje no Circuito da Guia.
O piloto de Cascais, que está de volta à F3 depois de diversos triunfos ao longo da época em corridas GP3 e de Fórmula 3.5, começou a corrida de 10 voltas no segundo lugar da grelha depois de ontem ter falhado a pole por muito pouco.
Félix da Costa não perdeu tempo para assegurar a liderança, discutindo o lugar da frente no Lisboa, logo à primeira volta, para não mais abandonar a cabeça do pelotão, até ao final, e conquistar a pole do GP com um segundo e meio de vantagem.
“Hoje, foi apenas para levar para casa”, disse Félix da Costa. “Amanhã é que conta. Assim que me posicionei na dianteira, tentei somente puxar mais um pouco. Mas, amanhã é que será o grande dia e isto conta. Estou muito feliz.”
O piloto caso vença amanhã, será o primeiro a correr com as cores de Portugal a ganhar em F3 em Macau. Félix das Costa não escondeu a intenção de se sagrar vencedor nesta prova.
(Texto e fotos de Sandra Pimentel em Macau)
 
Félix da Costa agarra a pole provisória em Macau

 

O cascalense António Félix da Costa segurou a pole provisória para o “Grande Prémio de Macau” de Fórmula 3 no último “suspiro” da volta na primeira sessão de qualificação. O piloto da Red Bull esperou até aos últimos 90 segundos da sessão para estabelecer o melhor tempo, 2:13:40 minutos, derrotando Felix Rosenqvist, que saltou para a segunda posição, praticamente com o mesmo tempo 2:13:42 minutos, com o espanhol Carlos Sainz Junior e o britânico Alex Lynn, que corre pela primeira vez em Macau, a ocuparem os dois lugares seguintes na pole provisória.
O campeão em título de Macau, Daniel Juncadella foi quinto, à frente de Felipe Nasr, o brasileiro não conseguiu capitalizar a velocidade inicial que lhe deu o tempo mais rápido na primeira sessão de treinos. (Texto e foto de Sandra Pimentel em Macau)
 
 
 
 
Arquivo - Andebol
Arquivo - Automóveis
Arquivo - Badminton
Arquivo - Boxe
Arquivo - Corfebol
Arquivo - Esgrima
Arquivo - Geral
Arquivo - Ginástica
Arquivo - Hipismo
Arquivo - Hóquei em Campo
Arquivo - Horseball
Arquivo - Jetski
Arquivo - Karaté/Judo/Taekwondo
Arquivo - Karting/Motociclismo
Arquivo - Minigolfe
Arquivo - Natação/Polo Aquático
Arquivo - Pesca
Arquivo - Râguebi
Arquivo - Ténis de Mesa
Arquivo - Tiro
Arquivo - Triatlo/Duatlo/Aquatlo
Arquivo - Voleibol
Arquivo - Xadrez
 
 



Linha Desportiva
Linha Desportiva | Ficha Técnica | Registo ERC n� 125284 | Direc��o: Lobo Pimentel | CONTACTOS | Design & Desenvolvimento: ST Collective Copyright © Todos os direitos reservados